Actualidade

Guterres diz que Idleb "não pode ser transformada em banho de sangue"

11 | 09 | 2018   22.10H

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou hoje que a província síria de Idleb "não pode ser transformada num banho de sangue" e pediu à Rússia, Irão e Turquia que façam tudo para proteger os civis.

"A luta contra o terrorismo não isenta os beligerantes das suas obrigações perante a lei internacional", disse Guterres, numa nova declaração sobre a questão.

O chefe das Nações Unidas salientou que, embora seja necessário combater os terroristas, Idleb "não se pode transformar num banho de sangue".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE