Actualidade

Olivier Rolin e Germano Almeida nas residências literárias internacionais de Cascais

12 | 09 | 2018   17.39H

A primeira residência literária internacional portuguesa, de caráter regular, será em Cascais, e o escritor francês Olivier Rolin é o primeiro de cinco autores confirmados até 2020, anunciou hoje a Fundação Dom Luís I.

O escritor cabo-verdiano Germano Almeida, Prémio Camões 2018, culmina esta primeira sequência de cinco autores, que incluiu igualmente o norte-americano Michael Cunningham, o britânico Jonathan Coe e o espanhol Javier Cercas, de acordo com a instituição.

O programa de Residências Internacionais de Escrita Fundação Dom Luís I será inaugurado no próximo mês de outubro, com o autor de "Porto-Sudão", vencedor do Prémio Femina 2004, que terá como morada, até dezembro, a pousada de Cascais - Pestana Cidadela Cascais Pousada & Art District -, no distrito de Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE