Brasil/Eleições

Grupo feminino contra Bolsonaro atinge um milhão de membros no Facebook

13 | 09 | 2018   11.46H

O grupo "Mulheres contra Bolsonaro", candidato às presidenciais do Brasil, atingiu, na madrugada de quarta-feira, um milhão de membros na rede social Facebook, anunciou uma das líderes do movimento, citada hoje pelo jornal brasileiro O Globo.

Em declarações ao jornal uma das líderes do movimento explicou que a intenção do grupo na rede social é criar uma representação contra o candidato Jair Bolsonaro e proteger e defender os direitos das mulheres.

Segundo a pesquisa divulgada na segunda-feira pelo instituto Datafolha, a rejeição de Bolsonaro entre o eleitorado feminino é de 49%.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE