Actualidade

Trabalhadores admitem pedir insolvência da Soares da Costa se PER não for cumprido

14 | 09 | 2018   13.26H

O Sindicato da Construção de Portugal disse hoje que "muitos trabalhadores" da Soares da Costa pretendem pedir a insolvência da empresa se até final de setembro continuarem sem receber os pagamentos previstos no Processo Especial de Revitalização (PER).

"O PER está em incumprimento. A partir do final de agosto devia ser cumprida a primeira prestação, o que não está a acontecer, e há muitos trabalhadores que querem pedir a insolvência da empresa se até final de setembro a situação não ficar resolvida, conforme garantiu o presidente executivo [da construtora, Joaquim Fitas]", afirmou o presidente do sindicato em declarações à agência Lusa.

Salientando que o sindicato "quer fazer tudo para assegurar a viabilização" da Soares da Costa, estando mesmo disposto a "retirar o processo-crime" que interpôs contra a empresa por retenção das quotizações sindicais dos seus associados, Albano Ribeiro admite, contudo, que "os trabalhadores são soberanos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE