Actualidade

Grupo de Lima rejeita qualquer intervenção militar na Venezuela

16 | 09 | 2018   19.31H

O Grupo de Lima, que junta 13 países maioritariamente da América latina e central, rejeitou qualquer intervenção militar na Venezuela, deixando isolado o secretário-geral da Organização dos Estado Americanos, Luis Almagro.

Num comunicado divulgado no sábado, os países expressaram preocupação, rejeitaram "qualquer ação ou declaração que implique uma intervenção militar ou o uso de violência ou de força na Venezuela", e apelaram a uma "saída pacífica e negociada" para restaurar a democracia no país.

O Grupo de Lima junta Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE