Actualidade

Deputados reconhecem problemas do hospital de Gaia e pedem intervenção da tutela

18 | 09 | 2018   20.36H

A Comissão Parlamentar de Saúde, que ouviu hoje o diretor clínico e os responsáveis de serviço demissionários do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho, considerou que a tutela deve resolver "rapidamente" os "gravíssimos" problemas da unidade de saúde.

No final da audição, que durou cerca de quatro horas e a que se seguiu uma visita ao hospital, a comissão parlamentar classificou como "legítimas" as pretensões evocadas pelos 52 profissionais demissionários, lembrando estarem em causa reivindicações de condições de trabalho mais dignas para a prestação de melhores cuidados de saúde aos utentes e não de aumentos salariais.

Os demissionários foram hoje ouvidos em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, estando agendada para quarta-feira a audição do Conselho de Administração e para sexta-feira a do ministro da Saúde, ambas no Parlamento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE