Actualidade

Nova Zelândia vai aumentar quota anual de refugiados a partir de 2020

19 | 09 | 2018   07.47H

A primeira-ministra neozelandesa, Jacinda Ardern, anunciou hoje que o país vai aumentar a quota anual de refugiados a partir de julho de 2020, de 1.000 para 1.500, e expandir os locais de acolhimento.

"É a coisa certa a fazer. Vai ao encontro das obrigações da Nova Zelândia em receber e oferecer um lar a pelo menos um pequeno número de pessoas deslocadas pela guerra e outros desastres", lê-se num comunicado divulgado pela governante.

O aumento da quota anual resulta de um acordo entre o Partido Trabalhista e os parceiros da coligação, o Partido Verde e o New Zealand First (NZF).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE