Táxis

PCP admite possibilidade de pedir revogação da lei que regula plataformas eletrónicas

19 | 09 | 2018   11.09H

O deputado do PCP Bruno Dias admitiu hoje a possibilidade de pedir a revogação da lei que vai regular as plataformas eletrónicas, indicando que esta legislação merece a "mais viva rejeição".

Presente na Praça dos Restauradores, em Lisboa, onde se concentra cerca de uma centena de taxistas em protesto, o deputado comunista defendeu que é necessário "combater esta lei injusta, referindo-se à lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte em veículos descaracterizados (TVDE) que operam em Portugal - Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé.

O grupo parlamentar do PCP vai receber os representantes das associações do setor de táxi pelas 13:30 na Assembleia da República, de forma a ouvir as preocupações destes profissionais.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE