Actualidade

ERSE abre 23 novos processos de contraordenação e aplica coimas de 2 ME este ano

19 | 09 | 2018   13.30H

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) anunciou hoje que abriu este ano 23 novos processos de contraordenação e proferiu decisões sobre 20 processos com coimas aplicadas superiores a dois milhões de euros.

Em comunicado, o regulador da energia adianta que instaurou, no decurso deste ano, 23 novos processos de contraordenação contra diversos agentes dos setores regulados em função de denúncias e participações recebidas, a que acrescem processos transitados de anos anteriores e processos abertos, totalizando 59 processos de contraordenação em 2018.

No decurso deste ano foram decididos 20 processos, que resultaram em 13 condenações e sete arquivamentos, tendo o valor das coimas aplicadas ascendido a 2,055 milhões de euros, dos quais foram já efetivamente cobrados 1,039 milhões de euros, refere a entidade reguladora liderada por Maria Cristina Portugal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE