Actualidade

Filho de ex-Presidente da Guiné-Conacri acusado de escravizar jovem no Texas

21 | 09 | 2018   02.54H

Mohamed Touré, filho do primeiro Presidente da Guiné-Conacri, e a sua mulher enfrentam até 30 anos de prisão nos Estados Unidos, se forem condenados por terem escravizado uma jovem durante 16 anos no Texas, Estados Unidos.

Mohamed Touré e Denise Cros-Touré foram acusados na quarta-feira de cinco acusações, incluindo trabalho forçado e abrigo ilegal de estrangeiros para benefício financeiro.

As acusações são negadas pelo advogado do casal, Scott Palmer, que descreveu as provas como "frágeis".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE