Actualidade

Medicina tradicional chinesa reforça posição em Cabo Verde e Moçambique

21 | 09 | 2018   08.03H

A medicina tradicional chinesa tem reforçado a posição em Cabo Verde e Moçambique, afirmaram à Lusa representantes daqueles países no Fórum de Medicina Tradicional Chinesa, que termina hoje em Macau.

"A medicina tradicional entrou no país pouco depois da independência, mas era muito pouco difundida. Foi a assinatura de um memorando com o Parque [Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa] que permitiu massificar a acupuntura e todas as técnicas (...) no hospital central de Maputo", disse Marlene Tovele, médica moçambicana.

Marlene Tovele referia-se ao Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa na ilha da Montanha, adjacente a Macau, que assinou com o Governo moçambicano, em 2016, um memorando para promover o intercâmbio e a cooperação dos dois países naquela área.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE