Actualidade

EUA denunciam repressão de Pequim contra minoria muçulmana

22 | 09 | 2018   04.04H

Os Estados Unidos denunciaram esta sexta-feira o tratamento por parte de Pequim em relação à minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigure, que sofrem de detenções arbitrárias, tortura ou vigilância permanente, na região de Xinjiang.

"Centenas de milhares, talvez milhões, de uigures estão a ser mantidos contra a sua vontade nos chamados campos de reeducação, onde são submetidos a uma rígida doutrinação política e a outros horríveis abusos", afirmou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

"As suas crenças religiosas estão a ser aniquiladas", lamentou, expressando também preocupação pelos cristãos na China, que acusa Pequim de "fechar igrejas, queimar bíblias e forçar os fiéis a assinar documentos para renunciar à fé".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE