Actualidade

Sinfónica Portuguesa abre temporada com oratória "A Child of our Time" de Michael Tippett

22 | 09 | 2018   06.16H

A Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP), a comemorar 25 anos, abre hoje a temporada 2018/19, no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, com a oratória não-religiosa "A Child of our Time", de Michael Tippett

O concerto é uma homenagem a Aristides de Sousa Mendes (1885-1954), o diplomata português que, em 1940, contrariando ordens do Governo de Lisboa, liderado por António de Oliveira Salazar, autorizou a emissão de vistos de entrada em Portugal, salvando milhares de pessoas da perseguição do regime nazi de Adolf Hitler.

Com direção da maestrina titular da OSP, Joana Carneiro, o concerto tem início às 21:00, e conta com as participações, como solistas, da soprano Francesca Chiejina, da meio-soprano Cátia Moreso, do tenor David Butt Philip e do barítono Luís Rodrigues, assim como do Coro do TNSC, a celebrar 75 anos de existência.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE