Táxis

Motoristas querem reunião urgente com PR e António Costa e projetam vigília em S. Bento

22 | 09 | 2018   17.17H

As duas estruturas que representam o setor dos táxis, reunidas hoje em Lisboa, decidiram pedir uma audiência com caráter urgente ao Presidente da República e ao primeiro-ministro.

"Como o país não para ao fim de semana, vamos enviar uma carta ao Presidente da República e outra ao Primeiro-Ministro, para sermos recebidos com caráter de urgência, hoje ou amanhã", afirmou à Lusa Florêncio Almeida, da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Veículos Ligeiros (ANTRAL).

O dirigente associativo adiantou que, a partir de segunda-feira, os taxistas vão "iniciar uma vigília à porta da residência oficial do primeiro-ministro", em São Bento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE