Venezuela

Madeira pede a Lisboa que mostre apoio a emigrantes

23 | 09 | 2018   17.50H

O presidente do Governo da Madeira considerou hoje que é "fundamental" que Lisboa mostre o seu apoio aos emigrantes portugueses, gerentes de supermercados, detidos na Venezuela.

"Faço hoje um apelo ao Governo português para acompanhar os nossos conterrâneos da Venezuela que ainda esta semana foram presos, os dirigentes de alguns dos supermercados", afirmou Miguel Albuquerque, discursando no encerramento da 28.ª Festa da Cidra, que decorre na freguesia do Santo da Serra, no concelho de Santa Cruz.

O governante madeirense argumentou que este apoio do Governo no caso da detenção "dos conterrâneos é fundamental para que eles sintam" que o país está com eles.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Deves estar maluco. Então os rapazes foram para a Venezuela explorar os nativos e agora queres que os protejamos? Vai-tu. Esses são da mesma raças dos que exploravam em África os pretos e depois se passaram para a África do Sul pensando que a teta não secava.
    Dono dos Burros | 23.09.2018 | 22.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE