Actualidade

Ativistas da Greenpeace ocuparam refinaria de óleo de palma na Indonésia

25 | 09 | 2018   07.57H

Cerca de trinta ativistas da Greenpeace ocuparam hoje na Indonésia uma refinaria de óleo de palma da Wilmar International, a maior empresa intermediária do setor que, diz a organização não governamental, colabora com produtores que causam a desflorestação.

Os ambientalistas escalaram o cargueiro da empresa de forma a bloquear os seus movimentos e entraram nos tanques da refinaria, no porto de Bitung, no norte da ilha de Celebes.

"A Wilmar prometeu limpar a sua cadeia de fornecimento a partir de 2013. No entanto, continua a comprar óleo de palma a destruidores florestais", acusou o diretor da campanha florestal indonésio da Greenpeace, Kiki Taufik, em comunicado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • ESSES DESATIVISTAS ANDAM A PROCURA DE OS POREM A TRABALHAR E COM CHICOTE QUEM É QUE ESTÁ POR VIR DESSA GENTE VERGONHA MUNDIAL
    O povo | 25.09.2018 | 11.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Espero que levem umas bordoadas bem assentes no lombo.
    Dono dos Burros | 25.09.2018 | 11.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE