Actualidade

Região de Coimbra satisfeita por Bruxelas manter aposta numa Europa de regiões

10 | 10 | 2018   18.56H

O presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, João Ataíde, mostrou-se hoje satisfeito com a perspetiva de a Comissão Europeia continuar a olhar para a Europa numa perspetiva das regiões.

"A Comissão Europeia estabelece a necessidade de criar maior coesão e ficámos a saber que os Estados-membros podem nos regulamentos internos fazer uma discriminação positiva das zonas menos desfavorecidas", disse o responsável.

João Ataíde falava à agência Lusa, em Bruxelas, onde se deslocou com uma comitiva de 16 dos 19 autarcas da CIM Região de Coimbra, que recebeu, na segunda-feira, o título de Coimbra Região Europeia da Gastronomia 2021, atribuído pelo Instituto Internacional de Gastronomia, Cultura, Artes e Turismo, na embaixada da Eslovénia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • Regionalizar é aumentar o número de políticos . E depois vai haver disputa entre regiões de vária ordem. Como a descentralização vai exigir mais políticos. Haja mais impostos. E os estados federados? Isso aí já vai dar água na barba aos portugueses. Ui. Ui.
    É tudo o melhor para os políticos | 11.10.2018 | 04.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Estes sacanas só pensam em gamar subsídios. Trabalhar não é com os portugueses.
    Dono dos Burros | 10.10.2018 | 22.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Europa de regiões, mas não um Portugal de regiões. Se em Portugal houver regiões, são amostras, tal com as freguesias e concelhos!
    Alvaro | 10.10.2018 | 19.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE