Incêndios

Cerca de 70% da Mata Nacional da Margaraça recuperou dos fogos de outubro

15 | 10 | 2018   11.47H

Cerca de 70% dos 62 hectares da Mata Nacional da Margaraça que arderam nos fogos de outubro de 2017, em Arganil, já recuperaram e a Câmara Municipal congratula-se e considera esta área protegida um exemplo vivo da resiliência da floresta nativa.

Um ano após o incêndio, a Mata Nacional da Margaraça, classificada como Reserva Biogenética do Conselho da Europa, "apresenta sinais evidentes de resiliência", disse à agência Lusa o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), numa resposta enviada por escrito.

Segundo esta entidade, dos cerca de 62 hectares da mata inserida em plena Área Protegida da Serra do Açor, "aproximadamente 70% da área teve recuperação dos carvalhos, castanheiros e de algumas espécies arbustivas, embora estas tenham sido as mais fustigadas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Não deviam ter dado esta notícia. Deviam ter dito que um ano depois o cenário é desolador. Era fake new? Mas não faz mal. Estava de acordo com o catecismo dos abichanados defensores da natureza e da catástrofe climática.
    Dono dos Burros | 15.10.2018 | 13.26Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE