Actualidade

Viciação de contratos no Turismo do Norte terá lesado o Estado em 5ME

18 | 10 | 2018   17.21H

A presumível viciação de contratos públicos, que levou hoje à detenção do presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, terá lesado o Estado em mais de cinco milhões de euros, disse à Lusa fonte policial.

De acordo com a mesma fonte, os ajustes diretos eram concedidos por valores muito acima do mercado e, por vezes, sem que o serviço fora prestado.

Em causa estarão ajustes diretos realizados nos últimos dois, três anos, que somados ultrapassam os cinco milhões de euros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE