Actualidade

Diretor clínico do Hospital de Gaia que anunciou demissão diz não estar demissionário

18 | 10 | 2018   19.35H

O diretor clínico do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, que subscreveu um pedido de demissão coletivo em julho, afirmou hoje, em reunião do conselho de administração daquela unidade de saúde, que nunca esteve demissionário.

"À sua posição como demissionário, ou não, respondeu que não estava demissionário, apenas assinou o abaixo-assinado coletivo que foi enviado para o Ministério da Saúde e não obteve respostas. Com a mudança de Governo ficará à espera de orientações", refere um documento do hospital que relata a reunião e a que a Lusa teve acesso.

A 05 de setembro foi anunciada a demissão do diretor clínico e 51 diretores e chefes de serviço nas instalações do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos, no Porto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • OK não quer perder o subsídio. Quando a elite de país chega a isto, realmente o Passos Cuelho tinha razão. É melhor emigrarmos.
    Dono dos Burros | 18.10.2018 | 20.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE