Actualidade

Autoridades australianas acusam timorense de posse de material de exploração infantil

23 | 10 | 2018   06.49H

Um cidadão timorense foi acusado, em Perth, de posse de material de exploração infantil, alegadamente encontrado no telefone pela polícia de fronteiras, à entrada no aeroporto da cidade australiana, foi hoje noticiado.

Os agentes da Força de Fronteira australiana (ABF) encontraram sete vídeos de supostos abusos sexuais de crianças, quando examinaram um dispositivo eletrónico na bagagem do homem, de 35 anos, que chegou a Perth proveniente da ilha indonésia de Bali, no sábado à noite, de acordo com a imprensa australiana.

A lei australiana define uma pena máxima para este tipo de crime de dez anos de prisão e uma multa até 535 mil dólares australianos (cerca de 329 mil euros).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE