RCA

Representante da ONU denuncia drama humano "inaceitável" em Batangafo

08 | 11 | 2018   01.30H

Bangui, 08 nov - A representante especial adjunta do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), coordenadora humanitária e residente na República Centro-Africana (RCA), denunciou na quarta-feira o drama humanitário "inaceitável" que se vive na cidade de Batangafo.

Em comunicado da missão da ONU no país (MINUSCA, na sigla em Inglês), Najat Rochdi detalhou que na província de Ouham, no noroeste do país, existem 30 mil deslocados que perderam tudo devido à violência e à pilhagem ocorridas no final do mês passado.

Em 31 de outubro ocorreram fortes confrontos entre grupos milicianos dos anti-Balakas e dos ex-Seleka do FPRC/MPC, que culminaram em incidentes isolados entre membros dos dois grupos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE