Actualidade

Bancadas do Governo timorense querem recuar e permitir visita do PR ao Vaticano

13 | 11 | 2018   02.32H

As bancadas do Governo no parlamento timorense anunciaram hoje que querem voltar atrás na sua decisão de chumbar a autorização ao Presidente da República para visitar o Vaticano, que foi fortemente contestada na sociedade do país.

Um anúncio feito hoje no arranque da sessão plenária que suscitou forte críticas do maior partido da oposição, a Fretilin, que insistiu que uma nova votação só poderia ocorrer com novo pedido do Presidente.

O chefe da bancada do Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT), Duarte Nunes, anunciou que a direção da Aliança de Mudança para o Progresso (AMP) tinha debatido o assunto e decidido "alterar a sua posição relativamente à visita".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE