Actualidade

Ministro afirma que salário mínimo de 600 euros em 2019 "é ponto de partida"

13 | 11 | 2018   20.02H

O ministro do Trabalho disse hoje que 600 euros para o salário mínimo em 2019 "é um ponto de partida" para a discussão, sublinhando que, se houver acordo para um montante superior, o Governo não se irá opor.

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, falava à saída da reunião da Concertação Social, em Lisboa, onde começou esta tarde a ser discutido o aumento do salário mínimo nacional (SMN) para 2019. Atualmente o SMN é de 580 euros.

Vieira da Silva afirmou que o "ponto de partida" para a negociação com as centrais sindicais e as confederações patronais é o aumento para 600 euros a partir de 2019, tal como está no programa do Governo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nâo te esqueças da tua sogra nem das rarissimas a mafia e os mafiosos no seu melhor tudo isto em nome da boycracia
    farsolas | 13.11.2018 | 20.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE