Actualidade

Autarca de Coimbra diz que declaração sobre arqueólogos foi descontextualizada

13 | 11 | 2018   20.52H

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, afirma que o vídeo posto a circular com declarações suas sobre a contratação de arqueólogos foi "metodicamente editado e, por isso, descontextualizado", provocando uma "reação extemporânea" do sindicato do setor.

No sequência da intervenção de Manuel Machado na sessão de consignação da obra de estabilização dos muros da margem direita do Rio Mondego, em Coimbra, em 26 de outubro deste ano, foi "colocado a circular nas redes sociais um vídeo metodicamente editado e, por isso, descontextualizado", afirma uma nota do gabinete da presidência da Câmara de Coimbra, enviada hoje à agência Lusa.

As declarações do autarca reproduzidas nesse vídeo deram "origem a uma reação extemporânea do presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Arqueologia (STARQ)", Regis Barbosa, refere o comunicado da Câmara de Coimbra, adiantando que "o vídeo não editado pode ser visualizado no canal oficial de Youtube e no sítio web do Município de Coimbra".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE