Actualidade

Troço do IC8 em Pombal onde morreram oito pessoas vai ter linha dupla contínua

14 | 11 | 2018   13.35H

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou hoje a aplicação de medidas para evitar acidentes no troço de IC8, em Pombal, onde morreram oito pessoas em duas colisões frontais, com aplicação de linha contínua dupla e balizas rebatíveis.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a IP afirma que no troço em causa, com cerca de dois quilómetros de extensão entre os quilómetros 33,7 e 35,8, ocorreram este ano seis acidentes, todos "colisões frontais e quatro delas em locais com linha contínua ou dupla contínua no eixo da via". A exceção foram os dois acidentes, na zona de São João da Ribeira, a 24 de setembro e 22 de outubro, que provocaram oito mortos e "ocorreram numa reta, com boa visibilidade e portanto com linha descontínua".

Embora a empresa responsável pelo IC8 - via que faz a ligação entre as autoestradas A17 e A23, atravessando os distritos de Leiria e de Castelo Branco - alegue que "não foi identificada a necessidade de realizar qualquer medida corretiva na infraestrutura, pois o troço em causa não apresenta deficiências", a IP avança um conjunto de medidas "com o objetivo de atuar ao nível do comportamento do condutor, tentando dissuadir comportamentos indevidos e desadequados, nomeadamente excesso de velocidade e ultrapassagens mal calculadas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE