Actualidade

Mais de 850 pessoas morreram de cólera na RDCongo no primeiro semestre do ano

14 | 11 | 2018   19.25H

Mais de 850 pessoas morreram de cólera na República Democrática do Congo (RDCongo) no primeiro semestre deste ano, um registo que se aproxima das 1.190 vítimas em 2017, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

No relatório do primeiro semestre deste ano relativo à RDCongo, a OMS indicou que 857 pessoas morreram com a doença infeciosa desde o início do ano até 30 de junho, em 21 das 26 províncias daquele país africano, de um total de 27.170 casos de cólera sinalizados no período.

A OMS revelou que as províncias mais afetadas pela doença foram as de Kasai Oriental e Lomani, no centro da RDCongo, e Kivu Sul, Haut-Katanga e Tanganyika, no leste.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE