Actualidade

BE diz que 8 mil metros quadrados de obra privada na Arrábida são da Câmara do Porto

15 | 11 | 2018   15.02H

O BE revelou hoje que "são da Câmara do Porto mais de oito mil metros quadrados" da área onde decorre uma obra privada na Arrábida, pelo que a autarquia deve parar a empreitada e reivindicar judicialmente a propriedade.

"Mais de oito mil dos dez mil metros quadrados onde decorre a obra da empresa Arcada, em investigação pelo Ministério Público, são da câmara e foram indevidamente apropriados pela [imobiliária] Imoloc [na década de 90], num complexo esquema de registos notariais, falsas declarações e falsificação de documentos. Temos provas suficientes", afirmou o deputado municipal Pedro Lourenço em conferência de imprensa, referindo-se a 31 documentos reunidos pelo Bloco de Esquerda durante "longos meses de pesquisa".

Classificando o processo como "quatro vezes o caso Selminho" (relativo à imobiliária do presidente da câmara, Rui Moreira, e família), Pedro Lourenço assegurou que o autarca "sabe dos documentos porque os tem", devendo "parar a obra" sob pena de ser "cúmplice de Nuno Cardoso e Rui Rio", os presidentes que antecederam o independente, eleitos pelo PS e pelo PSD/CDS, respetivamente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE