Actualidade

Ex-diretor do Serviço de Investigação Criminal da Huíla condenado a quatro anos de prisão

16 | 11 | 2018   11.12H

O ex-diretor do Serviço de Investigação Criminal (SIC) da província angolana da Huíla, Amadeu Alberto Suana, foi condenado por corrupção e peculato a quatro anos de prisão, noticia hoje a imprensa local.

Em causa está o desvio de 49 mil litros de gasóleo, 14 mil litros dos quais foram comercializados, ilegalmente, por ordem de Amadeu Alberto Suana, a quem o tribunal ordenou também o pagamento de uma indemnização ao Estado de 4,75 milhões de kwanzas (13,6 mil euros), o valor do prejuízo.

Segundo o juiz do Tribunal do Lubango, o combustível em causa foi o que se conseguiu provar no processo que investiga o desvio de 4,95 milhões de litros de gasóleo entre novembro de 2016 a janeiro de 2017, que causou ao Estado angolano um prejuízo avaliado em 552,825 milhões de kwanzas (1,58 milhões de euros).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE