Óbito/Loureiro dos Santos

PM recorda "marca indelével" do general na construção da democracia

17 | 11 | 2018   13.20H

O primeiro-ministro, António Costa, expressou hoje o seu "profundo pesar" pela morte de Loureiro dos Santos, considerando que o general deixou uma "marca indelével na construção e consolidação" da democracia portuguesa.

"O general Loureiro dos Santos deixou uma marca indelével na construção e consolidação da nossa democracia", vincou o também secretário-geral do PS, que falava aos jornalistas antes de um almoço com militantes socialistas, em Coimbra.

José Loureiro dos Santos, antigo ministro da Defesa Nacional e ex-chefe do Estado-Maior do Exército, morreu hoje em Lisboa, aos 82 anos, vítima de doença, disse à agência Lusa fonte da família.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE