Actualidade

Carlos I da Áustria tornou-se há 97 anos no primeiro "soberano exilado" na Madeira

18 | 11 | 2018   10.10H

Após a vitória dos Aliados na 1.ª Guerra Mundial, o imperador Carlos I, último titular do império Austro-Húngaro, tornou-se no primeiro "soberano exilado" na Madeira, um momento histórico sobre o qual passam 97 anos na segunda-feira.

A chegada do imperador, uma figura acarinhada pelos madeirenses e ainda hoje alvo de interesse por parte de residentes e visitantes, ocorreu em 19 de novembro de 1921, depois da assinatura do Armistício que pôs fim a quatro anos de guerra (em 1918) e da queda do império Austro-Húngaro, derrotado no conflito.

Para evitar uma recomposição do império, já que Carlos I nunca assinou a sua abdicação, os Aliados enviaram-no para a Madeira, porque a ilha ficava longe do teatro político.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE