Actualidade

Ação de rotina ao fecho de contas da EMPORDEF deteta minas antipessoais desmilitarizadas

19 | 11 | 2018   20.51H

Uma ação de rotina preliminar ao fecho de contas da holding Empresa Portuguesa de Defesa (EMPORDEF) detetou a existência de minas antipessoais desmilitarizadas em propriedade daquela entidade, sem risco para a segurança, anunciou hoje o Ministério da Defesa Nacional.

Em comunicado, o Ministério, tutelado por João Gomes Cravinho, informa que, durante aquela ação, o "presidente da comissão liquidatária detetou, a partir de uma avaliação de inventário, a existência de minas antipessoais desmilitarizadas em propriedade da EMPORDEF".

"O ministro da Defesa Nacional foi informado no dia 15 de novembro, ao final do dia, pelo presidente da comissão liquidatária da EMPORDEF da existência do material, que foi encontrado, acondicionado em blocos de cimento encerrados no interior de cunhetes metálicos, nas instalações onde se situa a empresa IdD [Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais], em Rego da Amoreira, concelho de Alcochete", distrito de Setúbal, lê-se na nota.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ahhhhh isso é o resto do material militar de Tancos! Só pode! São desmilitarizadas porque estavam fora do quartel militar!
    anónimo | 19.11.2018 | 23.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE