Acidente/Borba

Operação de resgate de vítimas é "de grande complexidade" - especialista

19 | 11 | 2018   21.24H

A operação de busca e resgate de vítimas do deslizamento de terras numa estrada do concelho de Borba, que arrastou viaturas para uma pedreira, é "de grande complexidade" e poderá durar horas ou dias, segundo um especialista.

"É, de facto, uma operação de grande complexidade, por várias razões", e "pode demorar horas ou vários dias", dependendo da "maior ou menor dificuldade" no acesso às vítimas, disse à agência Lusa o presidente da Associação Portuguesa de Técnicos de Segurança e Proteção Civil (AsproCivil), Ricardo Ribeiro.

Segundo o também comandante dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos, "antes de mais", a "grande complexidade" da operação, ainda hoje, deve-se ao "facto de já ser de noite" e à distância entre o teatro de operações e "alguns meios diferenciados de socorro", como equipas de mergulhadores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE