Actualidade

Conflito no Mali provocou cerca de 500 vítimas civis até agosto

20 | 11 | 2018   19.34H

O conflito no Mali provocou cerca de 500 vítimas este ano, até agosto, em ataques e execuções em massa que causaram ainda a morte de dezenas de combatentes, segundo um relatório da Federação Internacional de Direitos Humanos publicado hoje.

De acordo com o relatório daquele grupo de defesa de direitos humanos, desde o início de 2018, o centro de Mali tem sido palco de violência extrema.

A Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH) indica que cerca de 40% de todos os ataques ocorridos, sobretudo no centro do país, tornaram atualmente o Mali na zona mais perigosa naquela área do continente africano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE