Actualidade

Mais de 450 galgos ainda no canídromo de Macau, alguns em perigo de vida - associação

21 | 11 | 2018   08.43H

Quatro meses após o fecho do canídromo de Macau, 454 galgos continuam nas instalações, 40 dos quais estão em perigo de vida ou em sofrimento e 333 a necessitar de tratamentos imediatos, segundo dados avançados hoje à Lusa.

Os números adiantados pelo presidente demissionário da Anima - Sociedade Protetora dos Animais de Macau são vistos com apreensão pelo próprio Albano Martins que, contudo, permanece otimista num desfecho feliz para os cães já que, afirmou à Lusa, "a partir da próxima semana vão começar a sair para adoção 20 animais por semana".

Sobre os 404 galgos que se encontram para adoção, Albano Martins admitiu que tal não aconteceria "em condições normais" e que muitos terão que receber tratamento veterinário nos sítios de acolhimento. Para já, enfatizou o ativista, não existe outra hipótese no atual cenário: "Caso contrário, vão todos morrer nessas condições miseráveis!".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE