Actualidade

UE quer mais cientistas cabo-verdianos em projetos europeus - Carlos Moedas

21 | 11 | 2018   13.51H

O comissário europeu Carlos Moedas anunciou hoje, na cidade da Praia, que os cientistas cabo-verdianos vão poder participar em programas de investigação da União Europeia (UE), normalmente definidos para os Estados-membros, cujo financiamento não tem, para já, qualquer limite.

Carlos Moedas, comissário da União Europeia para a Investigação, Ciência e Inovação, falava aos jornalistas no final de uma audiência com o primeiro-ministro de Cabo Verde, país onde hoje iniciou uma visita de três dias.

Um dos momentos altos desta visita é a assinatura de um protocolo, através do qual os cientistas cabo-verdianos vão poder participar em projetos de investigação em instituições europeias e os cientistas europeus participar em projetos no território cabo-verdiano.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE