Actualidade

APSS ainda acredita em solução negociada para acabar com paralisação no Porto de Setúbal

21 | 11 | 2018   13.55H

A presidente da administração portuária de Setúbal afirmou hoje que ainda acredita numa solução negociada para acabar com a paralisação dos estivadores eventuais que teve início há mais de duas semanas e que já está a afetar as exportações portuguesas.

"Penso que é possível uma solução negociada desde que todas as partes se sentem à mesa de negociações. Acredito que poderemos chegar a um acordo entre as partes, tal como aconteceu no Porto de Lisboa", disse à agência Lusa Lídia Sequeira.

A presidente da APSS - Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra falava à agência Lusa na sequência da carta que recebeu da ministra do Mar, com um conjunto de orientações para a administração portuária e também para o IMT-Instituto da Mobilidade e dos Transportes, para corrigirem as disfunções detetadas no Porto de Setúbal, designadamente o elevado número de trabalhadores eventuais, que representam cerca de 90% dos estivadores daquele porto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nacionalização dos portos e aeroportos. Fim da mama liberal nos lucros e ditatorial nos vencimentos e condições de trabalho.
    Dono dos Burros | 21.11.2018 | 17.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE