Actualidade

Há novas descobertas arqueológicas no Coa e mostram figuras em movimento

06 | 12 | 2018   14.00H

Uma equipa de arqueólogos fez novas descobertas de gravuras rupestres representativas da Arte do Côa, com figuras reproduzindo bovinos selvagens e cavalos em movimento, disse hoje à agência Lusa um dos investigadores envolvidos nas escavações arqueológicas.

"Estas novas descobertas vão mudar a visão do sítio arqueológico da Penascosa, já que há um certo movimento nas figuras. Esta nova rocha gravada no xisto vai mostrar que este local é bem mais complexo do ponto de vista arqueológico, do que aquilo que se pensava" explicou à Lusa o arqueólogo Thierry Aubry, um dos profissionais envolvidos na investigação.

Segundo os arqueólogos da Fundação Côa Parque (FCP) há uma longa sequência cronológica no sítio arqueológico da Penascosa que vai desde os 30.000 até aos 15.000 anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE