Actualidade

Negrão admite sanções partidárias mais duras para deputados

06 | 12 | 2018   15.38H

O líder parlamentar do PSD admitiu hoje que os partidos têm de pensar em endurecer as sanções internas contra comportamentos menos adequados de deputados, como o caso das presenças 'fantasma' na Assembleia da República.

"Perante novos acontecimentos, novos comportamentos temos que alargar o âmbito das competências internas nos partidos", afirmou à Lusa Fernando Negrão, num comentário ao caso da alegada votação 'fantasma' da deputada Mercês Borges por Feliciano Barreiras Duarte, que não estava no plenário.

Se externamente, a sanção dos deputados deve ser política, dada, em última análise, pelos eleitores, já internamente, nos partidos, é preciso "ir um bocadinho mais longe do que as questões meramente políticas", acrescentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE