Acidente/Borba

Promotores de rotas turísticas do mármore com visitas canceladas

06 | 12 | 2018   15.59H

Promotores de rotas turísticas pelos mármores do Alentejo já estão a verificar o cancelamento de visitas e impactos negativos no negócio, após o acidente em pedreiras em Borba (Évora), com cinco vítimas mortais.

"O que aconteceu tem um impacto brutal, em todos os sentidos", disse hoje à agência Lusa Catarina Valença, da Spira, empresa de animação turística que gere a Rota Tons de Mármore, iniciada em 2013 e lançada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo, com apoios comunitários.

Contudo, ressalvou a mesma responsável, é necessário "relativizar as coisas", ou seja, "o prejuízo que a dimensão turística possa ter não é, obviamente, comparável à parte pessoal, à perda de vidas, nem à parte económica das pedreiras".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE