Actualidade

Altice aponta contradição entre Governo e regulador sobre faturas digitais

06 | 12 | 2018   17.06H

O presidente da Altice, Alexandre Fonseca, classifica hoje como "uma contradição" as posições do Governo e do regulador das telecomunicações quanto à emissão de faturas digitais e em papel, pedindo uma rápida clarificação sobre estas medidas.

O Governo anunciou a intenção de, a partir de 2019, acabar com as faturas em papel, passando a sua emissão a ser feita de forma automática e digital. O presidente da empresa de telecomunicações concorda com esta solução, mas advertiu hoje que o regulador do setor tem uma posição contrária, argumentando que a Anacom continua "a insistir em ir contra a corrente, a remar contra os operadores e a chocar de frente com as políticas do Governo.

Alexandre Fonseca recordou hoje, em Bragança, à margem de uma cerimónia promovida pela empresa que dirige, que "há uns meses, no mesmo dia em que o Governo apresentou o seu plano Simplex, o regulador, a Anacom, apresentou uma medida que obrigava aos operadores a apresentarem faturas em papel".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE