PUBLICIDADE
Actualidade

Avaliação preliminar indica que helicóptero do INEM colidiu com antena

16 | 12 | 2018   13.18H

A avaliação preliminar dos destroços do helicóptero do INEM acidentado no sábado indica que a queda da aeronave aconteceu na sequência da colisão com uma antena emissora existente na zona, afirmou hoje o gabinete que investiga acidentes aéreos.

"A avaliação preliminar dos destroços que foi possível realizar até ao momento indica que a queda da aeronave aconteceu na sequência da colisão com uma antena emissora existente na zona", revelou, numa nota enviada à Lusa, o Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e Acidentes Ferroviários (GPIAAF).

"Essa colisão pode ter tido origem em diversas causas possíveis, o que apenas após a reunião de toda a informação necessária e no decurso do aprofundamento do processo de investigação poderá ser devidamente esclarecido", acrescentou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Replico ... Vamos analisar. O heli desapareceu dos radares. Quem deu o alerta não foi o INAC? A quem foi dado? Os bombeiros nisto não são achados e se foram em principio foram para o terreno. Agora isso da ANPC, extinga-se. Antes do Guterres não existia e as coisas funcionavam.
    Alvaro | 16.12.2018 | 13.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE