PUBLICIDADE
Actualidade

Filho de Bolsonaro quer referendo sobre pena de morte no Brasil mas Presidente eleito afasta hipótese

16 | 12 | 2018   15.18H

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente eleito brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu numa entrevista hoje publicada a realização de um referendo sobre o restabelecimento da pena de morte no Brasil, uma hipótese, entretanto, rejeitada pelo seu pai.

"Para certos tipos de crime (...), como homicídios premeditados, deve existir uma punição à altura. Se a pessoa tem consciência do que fez, acho que deveria ser uma medida a ser submetida a um referendo", afirmou o deputado de 34 anos, numa entrevista hoje publicada pelo jornal O Globo.

Eduardo Bolsonaro, que foi reeleito com um número recorde de votos nas eleições de outubro passado, também defendeu a aplicação da pena capital a traficantes de droga, dando o exemplo da Indonésia, país que visitou em 2017.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Se o velho não o põe na ordem, vai ter problemas.
    Dono dos Burros | 16.12.2018 | 23.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE