Actualidade

Calamidades naturais mataram 33 pessoas desde outubro em Moçambique

11 | 01 | 2019   12.20H

As calamidades naturais mataram 33 pessoas e destruíram 2.996 casas nos últimos três meses em Moçambique, divulgou hoje o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais (INGC).

O porta-voz do INGC, Paulo Tomás, afirmou que 24 das vítimas morreram ao serem atingidas por raios, seis por arrastamento de correntes de água e três pessoas foram vítimas de desabamento de paredes.

As intempéries, que se registam desde outubro, afetaram 14 mil pessoas, acrescentou Paulo Tomás.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE