PUBLICIDADE
Legionella

Vítimas repudiam decisão do tribunal de recusar pagamento de indemnização

12 | 01 | 2019   16.38H

A Associação de Vítimas de 'Legionella' de Vila Franca de Xira repudiou hoje a decisão do tribunal de absolver a empresa Adubos de Portugal (AdP) do pagamento de uma indemnização cível reclamada por uma vítima do surto.

Em causa está uma sentença proferida na sexta-feira feira pelo Tribunal Cível de Vila Franca de Xira, a que a agência Lusa teve acesso, que recusou o pagamento de uma indemnização no valor de 200 mil euros a Leonel Ferreira, uma das 415 vítimas afetadas pelo surto de 'legionella', que afetou este concelho em novembro de 2014.

Esta decisão foi a primeira relativo a pedidos de indemnização cível interposto por algumas das vítimas do surto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • A JUSTIÇA NO SEU MELHOR SÓ TEM NOME NA PRATICA VAL ZERO SE FOSSE AO CONTRÁRIO JÁ FUNCIONAVA E ANDA O POVO A PAGAR VERGONHA
    O povo | 13.01.2019 | 10.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Os Tribunais não existem para fazerem justiça. Os Tribunais existem para defenderem,. protegerem os interesses dos judeus capitalistas e dos políticos seus servos. Estão com sorte o Tribunal não ter decidido que todos os que aí vivem, deveriam indemnizar a empresa por exercerem coacção inadmissível sobre a livre operação industrial.
    Dono dos Burros | 12.01.2019 | 21.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE