PUBLICIDADE
Actualidade

Associação Ateísta Portuguesa repudia deslocação de Presidende da República ao Panamá

27 | 01 | 2019   16.36H

A Associação Ateísta Portuguesa (AAP) repudiou hoje a deslocação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, à Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, considerando "um grave atentado à neutralidade religiosa do Estado laico".

"A título particular e a expensas próprias, caberia a esta Associação respeitar e ignorar tamanha devoção. Participar em jornadas da Juventude, onde manifestamente a idade não o recomenda, ir à missa e assistir à benzedura de um templo católico, é um assunto que a AAP ignoraria se o enviado fosse um membro da Conferência Episcopal, mas que considera um grave atentado à neutralidade religiosa do Estado laico, quando perpetrado pelo Presidente da República.

Em comunicado, a associação refere que tomou conhecimento da deslocação ao Panamá para, durante três dias, para participar na JMJ, assistir a uma missa papal e estar presente na bênção da restauração de um edifício religioso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE