Actualidade

Modernidade da Bauhaus de Dessau continua a destacar-se passados cem anos

08 | 02 | 2019   09.47H

Cem anos depois de surgir a primeira escola Bauhaus, na Alemanha, o edifício de Dessau, onde atualmente funciona a Fundação Bauhaus, continua a destacar-se na avenida com o nome do seu fundador, Walter Gropius.

É preciso ver uma fotografia de época, a preto e branco, para se acreditar que, à frente do edifício-sede paravam, há praticamente cem anos, cavalos e carroças que conduziam os alunos a viagens de estudo. Porque se hoje o experimentalismo da Bauhaus ainda surpreende, há um século chegou mesmo a ser arrebatador.

Não tem princípio, nem fim. Não tem um telhado convencional. O vidro domina, num edifício "onde não sobra nada, não há nada a mais", começa por explicar uma das guias da fundação, sublinhando que isso "não lhe retira nem um bocadinho de elegância".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE