Actualidade

Vagos alerta para existência de "centenas de animais errantes" na área do concelho

11 | 02 | 2019   11.21H

O presidente da Câmara de Vagos denunciou hoje a existência no concelho de "centenas de animais errantes", situação que se agravou desde que passou a ser proibido abater animais saudáveis nos canis e gatis oficiais.

"Estamos a fazer tudo para cumprir a lei, mas não temos espaços suficientes para abrigar tantos animais, sobretudo cães", disse Silvério Regalado à agência Lusa, acrescentando que a autarquia tem recebido queixas sobre a existência de matilhas de cães à solta nas matas entre as Gafanhas de Boa Hora e do Carmo.

O alerta do autarca surge depois de uma visita durante o fim de semana às instalações renovadas da Gaticão - Associação dos Amigos dos Animais Abandonados, que funciona numa antiga Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) cedida pelo município.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • É no que dá votar em maricas. Vai-se agravar ainda mais com as quotas, as vacas passam a ter estatuto de indianas.
    Dono dos Burros | 11.02.2019 | 11.32Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE