PUBLICIDADE
Actualidade

Presidente da República diz que 30 anos da Anafre celebram a democracia

11 | 02 | 2019   16.42H

O Presidente da República considerou hoje que os 30 anos da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) são uma celebração da "democracia portuguesa" e do papel do poder local, numa mensagem em vídeo enviada aos autarcas reunidos em Lisboa.

"É uma celebração, antes do mais, da democracia portuguesa. É uma celebração, a seguir, do papel do poder local na democracia portuguesa", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, numa mensagem em vídeo, exibida na sessão solene dos 30 anos da constituição, em 1989, da Anafre.

O chefe de Estado lamentou não pode estar presente no Centro de Congressos de Lisboa, à Junqueira, devido a uma reunião "inadiável" do Conselho Superior de Defesa Nacional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

4 comentários

  • É evidente que o partido local transformou-se num sorvedouro de impostos e poderes a mais. A regionalização será para empregar mais pulhíticos , para os quais teremos de pagar mais impostos.Um manancial de câmaras, juntas , vereadores e para cúmulo deputados da assembleia municipal transformaram-nos em piões destes sujeitos.
    Isto assim não | 14.02.2019 | 20.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Comentário de Álvaro: "Acabe-se com metade das juntas e municipios." Como? O país é do tamanho que é, e administrativamente tem 18 distritos e 2 regiões autónomas, tendo 308 municípios e 3092 freguesias... Logo, o "Acabe-se com metade das juntas e municipios."... Feitas as contas, Portugal passava a ter 9 distritos e 1 região autónoma, com 154 municípios e 1546 freguesias, não é, Sr. Álvaro? Pergunto eu: se cada freguesia, cada município, cada distrito e a região autónoma 'aumentam' de tamanho e de área... como é que gastam menos? E, o burro, sou eu? Vendo bem as coisas, não era preciso munícipios nem freguesias, nem distritos, nem regiões autónomas! Temos um governo e uma Assembleia da República instalados em Lisboa... e quando o amigo Álvaro precisar de qualquer documento 'autárquico'... lá vai de rota batida a caminho de Lisboa, e chega lá, tira uma senha para ser atendido e espera sentado para se não cansar (de esperar). Até pode ser que o Sr. Ávaro viva em Lisboa, mas, imagina, Sr. Álvaro, os cidadãos do país a fazer esse percurso a caminho de Lisboa?
    anónimo | 11.02.2019 | 21.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Sou de opinião de que em Portugal o pior cancro que o 25A pariu, foi o poder dito local. Tenho mais confiança nos ladrões que estão em Lisboa, do que nos que moram perto. Já assim era na Monarquia com domínios senhoriais e concelhos.
    Dono dos Burros\ | 11.02.2019 | 20.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Acabe-se com metade das juntas e municipios. E deixem-se de celebrar, porque só significa gastar o dinheiro do povo.
    Alvaro | 11.02.2019 | 18.35Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE