PUBLICIDADE
Actualidade

Faltam cinco gerações para os homens portugueses partilharem tarefas domésticas

12 | 02 | 2019   15.00H

Portugal precisa de pelo menos cinco gerações para os homens partilharem as tarefas domésticas em igualdade com as mulheres, que, na maioria, assumem, num estudo revelado hoje, estar sempre ou quase sempre "cansadas".

"O trabalho não pago feito em casa continua a ser um assunto de mulheres" e "dificilmente essa realidade se alterará num futuro próximo, a menos que sejam tomadas medidas drásticas", reflete o estudo "As mulheres em Portugal, hoje", coordenado por Laura Sagnier e Alex Morell, e com uma amostra de 2.428 mulheres com idades entre os 18 e os 64 anos e residentes em Portugal, entrevistadas em maio de 2018, através da internet.

"Se as contribuições dos homens em relação à execução das tarefas domésticas continuarem a evoluir ao ritmo da última geração, serão necessárias entre cinco a seis gerações para que se alcance uma distribuição paritária das tarefas domésticas entre mulheres e homens, nos casais em que ambos têm trabalho pago", determina o estudo, encomendado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos à consultora PRM, que hoje será apresentado publicamente, em Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE